CERIMÔNIA DO CHÁ

A cerimônia do chá japonesa também chamada chadō ou sadō, é uma atividade tradicional com influências do Taoísmo e Zen Budismo, na qual chá verde em pó (matcha) é preparado e servido aos convidados.

Os encontros de chanoyu são chamados chakai (encontro para chá) ou chaji (assuntos do chá). Normalmente o termo chakai refere-se a um evento relativamente simples no qual se oferecem doces típicos, usucha (chá suave), e talvez tenshin (um aperitivo). Já chaji refere-se a um evento mais formal, incluindo também uma refeição tradicional (kaiseki) e koicha (chá forte). Um chaji completo pode durar até quatro horas.

O praticante da cerimônia do chá precisa ter conhecimento de uma, ampla gama de artes tradicionais que são parte integral do chanoyu, incluindo o cultivo e variedades de chá, vestimentas japonesas (kimono), caligrafia, arranjo de flores, cerâmica, etiqueta e incensos, além de procedimentos formais de seu estilo de chanoyu, que podem passar de centena. Assim, o estudo de cerimônia do chá praticamente nunca termina. Mesmo para participar como convidado em uma cerimônia formal é preciso conhecer os gestos e frases pré-definidos, a maneira apropriada de portar-se na sala de chá, e como servir-se de chá e doces.

ORIGEM

teaorig

 

Beber chá é um costume que foi introduzido no Japão, no século IX, na forma de infusão (団茶, dancha) pelo Monge Budista Eichu (永忠), após retornar de viagem a China, onde conheceu a Erva. E atualmente o chá tornou-se a bebida mais consumida no Japão e é cultivada em seu próprio território.

O costume de beber chá iniciou-se de forma medicinal e era importada da China no século IX, o Autor Chinês Lu Yu escreveu o Ch’a Ching, um manual sobre o cultivo e preparação do chá. A vida de Lu Yu foi influenciada pelo budismo e as ideias dele foram cruciais para a criação e o desenvolvimento da cerimônia do chá.

No século XII, um novo tipo de chá surge no Japão, o matcha, introduzido por Eisai, outro monge japonês que retornando da China após viagem de estudo, desenvolveu e difundiu este tipo de chá. Considerando mais forte foi inicialmente utilizado em rituais nos Templos Budistas como parte importante de meditação. No século XIII, os samurais também passaram a consumir a bebida matcha, trançando o futuro do chá no Japão. Por volta do século XVI, beber chá se popularizou, chegando a atingir todas as camadas sociais do Japão.

CHÁ VERDE NO MUNDO

greantea

O chá verde também é produzido em outros países da Ásia, inclusive em produtores tradicionais de chá preto, como Índia e Ceilão, mas com técnicas diferentes das japonesas.

Fora da Ásia, devido à imigração japonesa, o chá verde também é produzido no sudeste do Brasil, particularmente no estado de São Paulo. Embora existam marcas de qualidade reconhecida, é comum encontrar sob o nome de chá verde, compostos de plantas, incluindo o mate. Isso ocorre devido à grande generalidade do termo chá no Brasil, que pode se referir a qualquer infusão.

Fonte: Marukai (Oriental Market store)