Okaeshi

O desconhecimento dos costumes tradicionais em que a etiqueta se faz necessária provoca, muitas vezes, situações embaraçosas entre os descendentes de japoneses e parentes não descendentes. 

Para cultura japonesa, nas cerimonias, parentes e amigos costumam oferecer um envelope com uma determinada quantia em dinheiro. Tornou-se essa pratica uma formalidade que, por outro lado, suscita dúvidas. Perguntas-se, por exemplo, o valor que se coloca no envelope.

Essa quantia deve ser colocada num envelope branco, desses de carta ou num envelope apropriado para este fim – vendido em lojas de produtos japoneses.

Normalmente escreve-se com pincel (fudê) à base de tinta preta (sumi). Mas isso não deve ser considerado uma regra. A dificuldade no Brasil em achar alguém que maneje bem o pincel tornou mais flexível esta tarefa. Pode-se usar uma caneta comum, como uma esferográfica, sem se preocupar com a estética que um pincel pode proporcionar.

envelope_okaeshi

Este envelope poder ser entregue à pessoa mais próxima – a esposa, o marido ou filho mais velho. Antes da cerimônia, quando se procede os pêsames, é  o momento indicado para, também ofertar o envelope.

O Uma outra dúvida, bastante frequente, é sobre em quais cerimônias oferecer o envelope. Pode-se referir à cerimônia de sete dias, quarenta e nove dias, de um ano e assim por diante. O mais comum é oferecer nas duas primeiras. São as datas mais próximas ao falecimento, o que justifica uma demonstração de apreço com o falecido e de compaixão com a família.

Com isso, a família que recebeu a gentileza, retribui mostrando a sua gratidão com humildade e respeito, um outro presente, o qual não deve ser dinheiro. A TENMAN-YÁ possui uma variedade de produtos para essas cerimônias, e oferece também um serviço especial para a preparação dos presentes para okaeshi.

Texto base: Cultura Japonesa